NOTÍCIAS

Ver Todas

Consulte a nova edição do Barómetro do Centro de Portugal, um elemento de monitorização, produzido pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, que tem como objetivo avaliar o progresso alcançado pela Região Centro em termos de crescimento e competitividade, potencial humano, qualidade de vida, coesão e sustentabilidade ambiental e energética.

O Barómetro do Centro de Portugal contempla um conjunto de 25 indicadores-chave, objeto de permanente atualização, que identificam tendências e lacunas de progresso, permitindo desenvolver eventuais ações corretivas e preventivas.

Consulte aqui.

Até 31 de dezembro de 2017, foram aprovados 3.812 milhões de euros de fundos europeus para a Região Centro, envolvendo um volume de investimento elegível na região de 5.762 milhões de euros. A Região Centro tinha, assim, absorvido 25% dos fundos europeus aprovados no PORTUGAL 2020.

O Programa Operacional Competitividade e Internacionalização destacava-se com uma comparticipação financeira de 1.103,0 milhões de euros de fundos europeus aprovados, correspondendo a 28,9% do total da região. Seguia-se o Programa Operacional Regional, CENTRO 2020, (27,3%) e o Programa Operacional Capital Humano (19,1%). No seu conjunto, estes três programas operacionais eram responsáveis por 75,3% do total de fundos aprovados para financiar projetos na região.

O Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional era o fundo financiador de mais de metade dos apoios aprovados para a região (52,5%), seguindo-se o Fundo Social Europeu (30,1%) e o Fundo de Coesão (10,0%).

Estas são algumas das conclusões que integram a terceira edição da publicação “PORTUGAL 2020 na Região Centro”, com referência a 31 de dezembro de 2017, documento que permite um conhecimento aprofundado sobre a aplicação dos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento na Região Centro. Para além de sintetizar as operações aprovadas com incidência na Região Centro nos diferentes programas operacionais que materializam o PORTUGAL 2020, também acompanha a implementação dos instrumentos territoriais na região e faculta uma visão do alinhamento dos projetos aprovados com a Estratégia de Investigação e Inovação para uma Especialização Inteligente para a Região Centro (RIS3 do Centro).

Peso do fundo europeu aprovado na Região Centro por Programa Operacional e por Fundo Financiador do PORTUGAL 2020 (31 de dezembro de 2017)


Consulte aqui a publicação “PORTUGAL 2020 na Região Centro”

Consulte a nova edição do Barómetro do Centro de Portugal, um elemento de monitorização, produzido pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro , que tem como objetivo avaliar o progresso alcançado pela Região Centro em termos de crescimento e competitividade, potencial humano, qualidade de vida, coesão e sustentabilidade ambiental e energética.


O Barómetro do Centro de Portugal contempla um conjunto de 25 indicadores-chave, objeto de permanente atualização, que identificam tendências e lacunas de progresso, permitindo desenvolver eventuais ações corretivas e preventivas.

Consulte aqui

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) promove hoje, na Universidade da Beira Interior, na Covilhã, a quinta edição do “Concurso Regional de Ideias de Negócio nas escolas”. Este concurso pretende eleger o “Aluno Empreendedor da Região Centro 2018”, entre os representantes das Comunidades Intermunicipais da região Centro. O objetivo é sensibilizar e motivar os jovens para a inovação e o empreendedorismo, promovendo a iniciativa e o dinamismo nas comunidades onde se inserem.

Durante o ano letivo 2017/2018, várias escolas básicas, secundárias e profissionais promoveram diversas ações de sensibilização para o empreendedorismo, junto da população escolar, com o acompanhamento dos respetivos professores. As ações ao nível de escola culminaram na realização de concursos municipais de ideias de negócio e posteriormente nos concursos intermunicipais, com a colaboração das Comunidades Intermunicipais (CIM). Nesta final regional são apresentadas as oito ideias de negócio que representam cada uma das CIM da Região Centro, premiando-se as três ideias selecionadas pelo júri.

O júri é composto por representantes de entidades públicas e privadas regionais, com reconhecido mérito na área empresarial e promoção do empreendedorismo na região, e terá em consideração o grau de inovação, a exequibilidade, o impacte para o território, a estruturação e o desenvolvimento de cada ideia de negócio apresentada.

Nesta edição, o júri é formado por: Anabela Dinis (Pró-reitora da UBI), António Correia (ex-Presidente da Câmara Municipal de Peniche), Manuel Assunção (ex-Reitor da Universidade de Aveiro) e José Pedro Moura (Empresário Book in Loop).

               

Resumo das Ideias a concurso

 

BEIRA BAIXA

Escola Básica e Secundária Pedro da Fonseca

Medronho em Natural

A ideia em causa visa proceder ao reaproveitamento das componentes lenhosas da espécie medronheiro, muito importante na região, para a elaboração de duas componentes: pau de espetada, com sabor a medronho e pau de café, com sabor a medronho.

 

BEIRAS E SERRA DA ESTRELA

Escola Profissional do Fundão

Bombons do Reis

Os Bombons do Reisreúnem dois produtos diferenciados e autóctones da Região da Cova da Beira e da Região de Setúbal, a cereja e o moscatel. Os ensaios já realizados com estes produtos demonstram a sua combinação perfeita.

 

MÉDIO TEJO

Agrupamento de Escolas de Alcanena

EUCALYGRAPE LEATHER

O projeto visa a produção de um couro anti alergénico a partir de subprodutos vegetais, nomeadamente bagaço de uva e extratos de eucalipto, de modo a reduzir a utilização de químicos nocivos à saúde humana. O Eucalygrape Leather apresenta-se como um produto totalmente inovador, economicamente viável e ambientalmente sustentável.

OESTE

Escola Básica de Torres Vedras

Robô Guia Turístico

O projeto foi desenvolvido tendo em conta que a cidade de Torres Vedras tem muito potencial e locais de interesse que muitas pessoas desconhecem. No entanto o robô pode ser adequado a outras cidades, nomeadamente na Covilhã. Neste sentido, o principal objetivo é dar às pessoas a possibilidade de conhecer a cidade e os locais mais importantes, de uma forma lúdica e fomentando assim o turismo na região.

REGIÃO DE AVEIRO

Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro

EasyPark

O projeto easypark tem como objetivo reduzir a desigualdade social, sendo uma iniciativa inovadora que irá melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência física e aumentar a sua independência. O plano é instalar em cada local de estacionamento prioritário um pilarete ativado automaticamente por um sistema de reconhecimento de matrículas para impedir que as pessoas estacionem ilegalmente. Este dispositivo manterá os lugares de estacionamento prioritários livres para aqueles que realmente precisam e ensinará pessoas fisicamente saudáveis a fazer a coisa moralmente acertada.

 

REGIÃO DE COIMBRA

Agrupamento de Escolas de Mortágua

INsmartLIN

O INsmartLIN é um dispositivo adaptável às canetas de insulina, que permite o registo das doses de insulina administradas, da data e da hora a que foram efetuadas, evitando o esquecimento/sobredosagem. Estes registos podem ser transferidos, através de um cartão SD/bluetooth, para um smartphone, permitindo, ao médico/cuidador, fazer um acompanhamento mais direto do paciente. A monitorização simples e rápida destes registos trará segurança e conforto no acompanhamento/controlo da diabetes.

REGIÃO DE LEIRIA

Escola Profissional de Leiria

Morcela de Arroz Vegetariana

Muitos dos pratos regionais portugueses envolvem enchidos, produtos que não se inscrevem dentro do que é considerado uma alimentação saudável. A morcela de arroz, típica da região, é muito apreciada, embora seja confecionada a partir de alguns produtos que podem prejudicar a saúde. Neste contexto, o grupo decidiu desenvolver um projeto de fabrico de uma morcela de arroz mais saudável e que abarque um maior número de consumidores, pois poderá ser consumida também por vegetarianos e por pessoas com restrições alimentares.

 

VISEU DÃO LAFÕES

Escola Profissional Mariana Seixas

Hot Table

Hot Table é uma mesa com a opção de aquecimento individual de cada prato e com um sensor de álcool. Possui um vidro temperado, um sistema de aquecimento e um regulador de temperatura que permite ao cliente manter a temperatura da comida. Possui também um sensor de álcool, que possibilita ao cliente, no final da refeição, saber o nível de álcool que possui no sangue para que possa decidir, em consciência, se vai ou não conduzir.

No âmbito da Campanha "A Europa na Minha Região" da União Europeia (UE), vários projetos financiados pelo Programa Centro 2020 vão estar de Portas abertas ao longo do mês de maio:

17 de Maio - Dia aberto no Museu Nacional Ferroviário

Entroncamento

https://www.fmnf.pt/

Visitas orientadas:  10h00, 11h00, 13h00, 16h00

Morada: Rua Eng. Ferreira de Mesquita, nº1 A

Complexo Ferroviário do Entroncamento

39.46419482   8.47445011

18 de Maio - Dia aberto no Museu PO.RO.S – Portugal Romano em Sicó

Condeixa-a-Nova

Visita guiada: 14.30h

https://www.poros.pt/

Morada: Quinta de S. Tomé

3150-160 Av. Bombeiros Voluntários de Condeixa-a-Nova, nº 41

40º06´41.9´´N  8º29´28.9´´W

21 Maio - Dia aberto no ECOMARE, Laboratório para a Inovação e Sustentabilidade dos Recursos Biológicos Marinhos da Universidade de Aveiro (UA)

Ílhavo

Visita guiada: 15h

Morada: Estrada do Porto de Pesca Costeira

3830-565 Gafanha da Nazaré

40º38’19.8’’N 8º43’43.0’’W

25 de Maio - Dia aberto no CeteMares - Centro de I&D, Formação e Divulgação do Conhecimento Marítimo

Peniche

Visita guiada: 17 horas

Morada: Av. do Porto de Pesca 30, 2520-620 Peniche

39°21'27.9"N 9°22'26.4"W

Esta Campanha tem como objetivo incentivar os cidadãos a descobrirem projetos financiados pela UE perto do local onde vivem. Todos os projetos abertos da Campanha  "Europa na Minha Região", em Portugal e nos restantes Estados-membros, podem ser localizados num mapa interativo em http://ec.europa.eu/regional_policy/pt/policy/communication/euinmyregion/

Além disso, a campanha «EU in my region» promove a participação direta dos cidadãos na comunicação da UE e dos resultados dos seus investimentos a nível local. Foi organizado um concurso de fotografia e de blogues, bem como um questionário sobre regiões europeias, para que os cidadãos possam partilhar as suas experiências e histórias relacionadas com projetos financiados pela UE e ganhar prémios interessantes.

O concurso de fotografia (de 23 de abril a 31 de agosto) tem como objetivo chamar a atenção para os investimentos fundamentais realizados nas regiões da Europa graças à União Europeia. Para entrarem no concurso, os cidadãos têm de tirar duas fotografias de um projeto cofinanciado pela UE: uma do projeto (artística, criativa) e uma onde se veja de perto a placa ou o cartaz com as informações do financiamento e a bandeira da UE. As 30 melhores fotografias irão integrar uma exposição fotográfica que percorrerá a Europa.

Outro dos elementos da campanha é um concurso de blogues que aceitará artigos sobre projetos cofinanciados pela UE em qualquer língua oficial da UE, até 31 de agosto. Os três vencedores serão convidados a participar num programa de formação intensiva ad hoc de três semanas na área da comunicação da UE, em Bruxelas.

Por último, o «questionário» é uma atividade divertida para testar os conhecimentos dos cidadãos sobre as regiões da UE e a sua cultura. A cada duas semanas, será selecionado um vencedor, que receberá um cabaz gourmet de iguarias europeias.

Saiba mais em http://ec.europa.eu/regional_policy/pt/policy/communication/euinmyregion/

O aviso de concurso CENTRO-M9-2018-08- SI2E - ATRAIR​ foi alterado, tendo sido prorrogada a sua data de encerramento, através da inclusão de uma nova fase para apresentação de candidaturas até 30 de maio de 2018.

Consulte aqui o novo aviso.

O ProgramaCentro 2020 aprovou, até 28 de fevereiro de 2018, 3522 projetos, que correspondem a um investimento de 1.932 milhões de euros.

Consulte, no Boletim Mensal de fevereiro, a evolução da execução financeira do Programa Centro 2020, bem como informação detalhada sobre o investimento municipal, os pactos para o desenvolvimento e coesão territorial, a política de cidades, a territorialização das políticas e o investimento empresarial.

O Boletim Mensal está disponível em goo.gl/S6pkPX

A Comissão Europeia lançou a décima primeira edição dos Prémios RegioStars, com candidaturas abertas até 15 de abril. Os RegioStars têm como objetivo identificar boas práticas em desenvolvimento regional e destacar projetos originais e inovadores que sejam atrativos e inspiradores para outras regiões.

As categorias contempladas nos RegioStars 2018 são as seguintes:

  • Apoio à transição para a industria inteligente;
  • Alcançar a sustentabilidade através da redução das emissões de carbono;
  • Criar melhores acessos aos serviços públicos;
  • Enfrentar os desafios da migração.
  • Tema do ano 2018: Investir no património cultural.

Os vencedores dos prémios serão conhecidos a 9 de outubro durante a EWRC 2018 - Semana Europeia das Regiões e Cidades.

Organizados desde 2008 pela Comissão Europeia, os RegioStars distinguem iniciativas inovadoras à escala regional, como foi o caso do projeto IPN – TECBIS - Aceleradora de Empresas, reconhecido entre os finalistas de 2017, e do projeto 'Centro Bio' da BLC3, vencedor, em 2016, da categoria “Crescimento Sustentável”.

Acha que o seu projeto merece ser conhecido e recompensado? Candidate-se!

Mais informações sobre os RegioStars 2018 em:

Site: http://ec.europa.eu/regional_policy/en/regio-stars-awards/

Guia e Formulário: https://www.regiostarsawards.eu/login.php

Tendo em conta a estratégia de comunicação comum proposta pela Comissão Europeia (Bringing opportunities to europeans: communicating together the results of eu cohesion policy), o Programa Centro 2020 está a promover a Campanha “Sabia que”.

O objetivo principal desta Campanha é sensibilizar o cidadão comum para os investimentos feitos na região com o apoio dos fundos da União Europeia e que fazem parte do dia a dia de todos. Esta Campanha está a ser desenvolvida através de uma rede de Mupis em 14 cidades da Região Centro, no Facebook do Centro 2020 , em rádios e em jornais regionais.

Nem sempre reparamos, mas os apoios da União Europeia estão presentes no nosso dia a dia…nas escolas, nas universidades, nas estradas, nos centros de saúde, nos hospitais, nos parques, nas empresas!

A Europa está na nossa Região!

 

O Programa Centro 2020 aprovou, até 31 de janeiro de 2018, 3485 projetos, que correspondem a um investimento de 1.915 milhões de euros.

Consulte, no Boletim Mensal de janeiro, a evolução da execução financeira do Programa Centro 2020, bem como informação detalhada sobre o investimento municipal, os pactos para o desenvolvimento e coesão territorial, a política de cidades, a territorialização das políticas e o investimento empresarial.

O Boletim Mensal de janeiro está disponível goo.gl/S6pkPX

Gabinete de Apoio

CANDIDATURAS

Portugal 2020

O seu ponto de acesso para apresentação de candidaturas

ACEDER AO BALCÃO 2020

Outros

c2020 abordagens territoriaisc2020 abordagens territoriais